Minas Abandonadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Minas Abandonadas

Mensagem por Mestre do Jogo em Dom 3 Dez - 17:19


Após a fase da mineração extensiva, quando a cobiça dos homens do Canadá retirou do solo tudo que poderia ser aproveitado, ficaram as construções esquecidas e os mineradores desempregados. Em Vancouver, em sua região mais ao sul, fica uma região rochosa e estéril, cercada por uma muralha de altas árvores, últimas remanescentes de uma outrora ampla área verde.

Passando-se essa muralha vegetal, vê-se um grande paredão rochoso, com buracos gigantescos em sua extensão. Mas há algo de anti-natural nessas fendas na pedra... não são buracos comuns, vê-se claramente a interferência do homem naquela outrora – não há outro adjetivo – imponente paisagem.

Por que isso é verdade. A Parede, como é chamada pelos homens da mineração, é algo que desafia o ateísmo de qualquer um. Aquela lâmina de pedra, que sai do solo e ergue-se como se quisesse alcançar os céus, não pode ser apenas uma mera obra do desgaste natural do vento e da chuva. São intrincadas fendas que se juntam formando desenhos de beleza ímpar; elevações que formam animais aos olhos das crianças (e das pessoas mais criativas também).

É uma paisagem muito bonita. Até o dia em que alguém descobriu que no seio da rocha havia riqueza. Foi uma corrida para lá, e dia após dia, noite após noite, os homens escavaram a rocha e destruíram aquela obra-prima da natureza. A floresta abundante em volta foi derrubada e deu lugar à barracões simples, alguns comércios e prostíbulos. Corpos de água foram desviados para serem subjugados pelos homens da mineração. Os animais selvagens fugiram de lá, com medo de serem caçados.

A Parede perdeu sua graciosidade e sua majestade entre os outros milagres da natureza de Vancouver. Entre meados de 1800 até a terceira década de 1900, foi extraído de lá o equivalente a dois PIB’s de economias latino-americanas da época. O dinheiro, é claro, os mineradores não viram. Foram sonhando com riquezas, mas o grosso da produção ficou com as grandes corporações. Dos homens, ficaram só corpos esquálidos e pobres, parecendo animais. Um a um, todos foram embora, deixando uma paisagem estéril.

Hoje, ninguém mais se aventura por aquelas bandas. Vez ou outra, há relatos de crimes que acontecem nos interiores abandonados das minas, estupros e assassinatos políticos. Embora as autoridades de Vancouver mantenham as portas das minas fechadas com cadeados e madeiras, a coisa mais fácil é arrombar.

Alguns relatam que pessoas estranhas visitam A Parede, seres que não são deste mundo. Pé-grande? Seres piores, criaturas da noite. Quem fala isso é louco, claro. O único ser estranho que ainda está nas minas é o velho Pete, senhor de mais de 90 anos, filho de mineradores, completamente ensandecido (dizem que ingeriu mercúrio na infância e nunca se recuperou), que atira com sua velha espingarda em qualquer um que se aproxime da sua cabana.

_________________
Bem-vindos aos Jogos!!!
avatar
Mestre do Jogo
Administrador

Masculino
Câncer Macaco
Número de Mensagens : 1051
Data de nascimento : 28/06/1980
Idade : 37
Localização : À procura de jogadores
Emprego/lazer : Mestre de Jogos
Humor : O melhor possível
Data de inscrição : 13/12/2008

RPG
Geração: Antediluviano Antediluviano
Clã: Administradores Administradores

Ver perfil do usuário http://vampiro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum