Carniçais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Carniçais

Mensagem por Mestre do Jogo em Qui 29 Jul - 0:28

Carniçais


O sangue de um vampiro é dotado de grande poder, poder esse que pode ser transferido para outros. Há muito tempo, os Membros descobriram que os mortais que bebem sangue vampírico passam a possuir habilidades sobrenaturais e apetites obscuros. Logo tornou-se uma prática comum entre os vampiros a manutenção de alguns servos escolhidos, alimentando-os com vitae - e estabelecendo laços de sangue no processo - com a finalidade de dispor de servidores imortais, diabolicamente leais - os carniçais.

A existência da maioria dos carniçais está sujeita aos caprichos de seus Regentes, servindo-os lealmente em troca de vitae. Como eles são tão suscetíveis ao laço de sangue como qualquer um, os carniçais são, com raríssimas exceções, inabalavelmente devotados a seus mestres - e se o Regente tiver mais de um servo carniçal, o resultado pode ser uma disputa ciumenta entre eles pela preferência e favores do Regente. As emoções de um carniçal vão a extremos com a droga estonteante da vitae correndo em suas veias – essas criaturas caem, com frequência, presas de explosões de fúria e
perturbadores desejos mórbidos. O nome "carniçal" não foi escolhido por acaso...

Todos os carniçais apresentam as seguintes características:

• Enquanto tiver sangue vampírico em seu organismo, um carniçal não envelhece. Entretanto, depois que tiver ultrapassado seu tempo de vida natural, ele precisa ter vitae em seu corpo sempre, ou irá envelhecer até morrer e entrar em decomposição rapidamente. Esta decomposição pode ocorrer num período de poucos dias ou, no caso de carniçais muito velhos, em minutos.

• Os carniçais podem usar o vitae de seus organismos para se curarem, como fazem os vampiros, ou para aumentarem seus Atributos Físicos de maneira similar. Eles são capazes de absorver o dano por contusão do mesmo modo que os mortais (isto é, eles não dividem o dano líquido pela metade). Entretanto, enquanto tiverem vitae em seus corpos, eles podem absorver dano letal. Um carniçal que não use vitae para curar seus ferimentos, cura-se na mesma velocidade que os mortais

• Todos os carniçais adquirem Potência l alguns minutos após ingerirem o sangue pela primeira vez e também são capazes de adquirir Fortitude. A maioria dos carniçais não consegue ir além do primeiro nível em uma Disciplina, mas alguns são capazes de aprender algumas Disciplinas em níveis mais elevados; o limite superior do nível de um carniçal numa Disciplina costuma ser definido pela geração do seu Regente.

• Um carniçal pode ser capaz de aprender outras Disciplinas que seu Regente não conheça, mas o processo de aprendizado é longo e árduo.

• O sangue vampírico que corre em seu organismo afeta os carniçais tanto física, como psicologicamente. Eles são capazes de entrar em frenesi, embora os valores da dificuldade para eles resistirem seja dois pontos mais baixos.

• Alguns carniçais muito velhos acabam por desenvolver efeitos colaterais semelhantes à fraqueza do clã de Seus Regentes. Por exemplo, um carniçal que beba muito vitae de um Nosferatu pode começar a apresentar inchaços e furúnculos repugnantes, enquanto o
carniçal de um Ventrue pode ter seus apetites macabros muito mais intensos do que antes.

_________________
Bem-vindos aos Jogos!!!
avatar
Mestre do Jogo
Administrador

Masculino
Câncer Macaco
Número de Mensagens : 1024
Data de nascimento : 28/06/1980
Idade : 37
Localização : À procura de jogadores
Emprego/lazer : Mestre de Jogos
Humor : O melhor possível
Data de inscrição : 13/12/2008

RPG
Geração: Antediluviano Antediluviano
Clã: Administradores Administradores

Ver perfil do usuário http://vampiro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum